GT20 - Psicologia da Educação

Vertical Tabs

Apresentação

Sobre o GT 20 – Psicologia da Educação: aspectos da sua história e organização atual

Atendendo aos objetivos da ANPEd de fortalecer e incentivar a pesquisa em Educação e de promover a articulação entre os programas de pós-graduação no país, o GT Psicologia da Educação foi constituído na Reunião Anual da ANPEd de 1999, após dois anos de existência como Grupo de Estudo.

Visando a consolidação e ampliação da área por meio do estímulo à produção científica e com base no trabalho que vinha sendo desenvolvido nas linhas e núcleos de pesquisa em Educação no Brasil, o GT agregou pesquisadores que tinham participação em GTs da ANPEd em diferentes temáticas, que passaram a contar com um campo específico de debate destinado às questões da educação relacionadas à Psicologia.

Considerando que a Psicologia, como mostra a sua história no país, constituiu-se imbricada à Educação e que tem sido, desde a sua consolidação como campo científico, um dos conhecimentos que mais tem implicado a Educação, a contribuição deste GT vem se mostrando relevante à medida que privilegia o debate crítico das aproximações teóricas e metodológicas da Psicologia com as concepções e práticas no campo da Educação, sem descurar das importantes contribuições da Psicologia à Educação.

Nessa perspectiva, quase vinte anos de atuação, o GT de Psicologia da Educação tem privilegiado estudos e pesquisas que enfoquem a relação entre essas duas áreas, com ênfase nos fundamentos históricos, epistemológicos e metodológicos da pesquisa educacional; nas concepções psicológicas e práticas no campo da educação e suas contribuições nos espaços educativos; nos processos educativos e de socialização implicados na constituição do sujeito. Sua produção se atenta aos fenômenos contemporâneos que têm impactado a educação escolar, em seus diferentes níveis e modalidades, e sob perspectivas teóricas diversas, tais como: valorização e desvalorização da escola e do professor, escolarização e desenvolvimento humano/formação humana, bullying e violência na escola, adoecimento do professor, medicalização. No GT 20, além da busca por alternativas para compreensão desses fenômenos, a luz de diferentes matrizes teóricas, evidenciam-se proposições para se intervir junto aos mesmos.  

Na última reunião nacional, a 38ª Reunião Nacional da ANPED – “Democracia em risco: a pesquisa e a pós-graduação em contexto de resistência”, ocorrida na Universidade Federal do Maranhão (UFMA), de 01 a 05 de outubro de 2017, estiveram representadas várias instituições, tais como: UFSC, UFG, UEM, USP, PUC/SP, PUC/Campinas, UFPE, UFES, UFMS, UNIFESP, UFNESP, UNIMEP, UFAM, UFMA, UFMG, UFPel, UNESC, UFMT, UFVJM, UNIOESTE, UFPB, UERR, Estácio, SEDUC/MA, UECE, UNOESC, UENF, UDESC, UFT, UFSJ, UNIUBE, UNESA, UFPA.

Nela foram eleitos os pesquisadores a seguir para atuarem em diferentes instâncias.

 

Composição do GT - Período: 2017/2019

Coordenação: Sonia Mari Shima Barroco (UEM)
Vice-Coordenação: Luciane Maria Schlindwein (UFSC)

 

Comitê Científico (Lista Tríplice):

1° - Maria Eliza Mattosinho Bernardes (USP)
2° - Marilda Facci (UEM)
3° - Gina Glaydes Guimarães de Faria (UFG)

Pareceristas ad-hoc:

- Diana Carvalho de Carvalho (UFSC)
- Edna Mendonça Oliveira de Queiroz (UFG)
- Jussara Cristina da Rosa Tortella (PUC/Campinas)
- Maria de Fátima Cardoso Gomes (UFMG)
- Maria Lydia Sica Scmanzky (UNIOESTE)
- Maria Tereza Ceron Trevisol (UNOESC)
- May Guimarães ferreira (IFMA)
- Rosely Ribeiro Lima (UFG/Jataí)
- Sônia da Cunha Urt (UFMS)

 

Dados do Grupo
Coordenador:
Sonia Mari Shima Barroco / UEM
E-mail do Coordenador:
contato@soniashima.com.br
Vice-coordenador:
Luciane Maria Schlindwein / UFSC
Publicações do GT