Dissertação de anpediana sobre defesa de direitos humanos e educação de pessoas encarceradas ganha prêmio internacional

Elaine Barbosa, mestre em Educação pela UNIRIO, recebeu o prêmio internacional de Direitos Humanos Ella Baker 2018 - no congresso da AERA (Associação Americana de Pesquisa em Educação), realizado em abril deste ano nos Estados Unidos -, por pesquisa produzida sobre defesa de direitos humanos e educação de mulheres encarceradas. 

A dissertação "Aprendizagens decoloniais a partir das cartas de mulheres encarceradas: um estudo sobre o movimento negro educador" foi construída a partir de seu trabalho no Instituto de Cultura e Consciência Negra Nelson Mandela como assistente jurídica. A organização tem como objetivo principal prestar assistência jurídica para pessoas encarceradas. A principal forma de comunicação entre essas pesoas e o instituto é por meio de cartas. Elaine percebeu ali um processo constante de aprendizagem e "desaprendizagem" tanto das pessoas encarceradas quanto daquelas que prestavam assistência jurídica. 

Elaine defendeu sua dissertação, orientada pela professora Cláudia Miranda, em dezembro de 2017, com banca examinadora composta pelas professoras Luciana Boiteux (UFRJ) e pela Eliane Ribeiro (UNIRIO), além de sua orientadora. Maria Luisa Süssekind, 2ª Secretaria da ANPEd e professora de Barbosa, foi quem escreveu a carta de indicação para o prêmio. 

Confira a entrevista do portal ANPEd em vídeo com a pesquisadora premiada:

 

 

 

Leia Também