ANPEd toma posse em comissões nacionais sobre relações étnico-raciais, educação quilombola e cultura afro-brasileira

A ANPEd tomou posse nesta terça-feira, 11 de julho, em duas importantes comissões nacionais relacionadas a temáticas de relações étnico-raciais, educação quilombola e cultura afro-brasileira no governo federal, vinculadas à Secadi – Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão.  

Pesquisadoras vinculadas ao GT 21 da Associação terão a partir de agora assentos na Comissão Nacional para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana (CADARA) e na recém-criada Comissão Nacional de Educação Escolar Quilombola (CONEEQ).

A Associação será representada, na CONEEQ, por Shirley Aparecida de Miranda (UFMG), titular, e Candida Soares da Costa (UFMT), suplente. E na CADARA por Ana Cristina Juvenal da Cruz, titular, e Adlene Silva Arantes, suplente.

Segundo Ana Cristina Cruz, coordenadora do GT 21 da ANPEd, A CADARA representa a recomposição da SECADI, extinta nos governos anteriores, sempre formada por nomes muito importantes da Educação como um todo. E a criação da CONEEQ traz um novo espaço para o diálogo e políticas para a educação quilombola. “Isso mostra não apenas a retomada daquilo que foi paralisado, mas um passo seguinte, com aquilo que ainda precisamos construir para uma educação antirracista, justa e igualitária”, destaca.  

 
Pular para o conteúdo