Capes retoma Conselho Técnico-Científico da Educação Básica com participação de pesquisadores ligados à ANPEd

Em reunião realizada em 2 de maio, o Conselho Superior da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) aprovou os nomes indicados para compor o Conselho Técnico-Científico da Educação Básica (CTC-EB). A escolha se deu em função da relevância de sua atuação no campo da pesquisa em Educação.

Entre os novos integrantes ligados à ANPEd estão Geovana Lunardi (UDESC), presidenta da Associação, Wilma de Nazaré Baía Coelho (UFPA), segunda secretária, Alfredo Macedo Gomes (UFPE),  Antonio Carlos Rodrigues de Amorim (UNICAMP) e Luiz Dourado (UFG).

A medida marca a retomada do CTC-EB, instância que possui a função de contribuir na elaboração de políticas de formação inicial e continuada para professores da educação básica e permaneceu inativa durante seis anos.

O Conselho será formado pelos secretários do Ministério da Educação (MEC), diretores da Capes e 20 profissionais de reconhecida competência em suas áreas de atuação. Os 20 novos  integrantes foram escolhidos a partir de uma lista tríplice de 60 indicações e terão mandato de três anos. A seleção se deu entre 149 nomes de todo o país, considerando critérios de diversidade de raça, gênero e regional. Além disso, foi assegurada a participação de 55% de mulheres.

Confira a lista dos integrantes do CTC-EB indicados por entidades da sociedade civil:

1. Alessio Costa Lima

2. Alfredo Macedo Gomes

3. Amali de Angelis Mussi

4. Antonio Carlos Rodrigues de Amorim

5. Armando Traldi Junior

6. Carlos Eduardo Moreno Sampaio

7. Catarina de Almeida Santos

8. Cleida Aparecida Oliveira

9. Cristiane Antonia Hauschild Johann

10. Eliana Ruth Silva Sousa

11. Geovana Mendonça Lunardi Mendes

12. Guilherme do Val Toledo Prado

13. Hélvia Miridan Paranaguá Fraga

14. Luiz Fernandes Dourado

15. Mark Clark Assen de Carvalho

16. Rosilene Corrêa Lima

17. Silvia Regina Canan

18. Suely Melo de Castro Menezes

19. Valter Gomes Campos

20. Wilma de Nazaré Baía Coelho

(Com informações da CGCOM/CAPES)

Pular para o conteúdo