ANPEd formaliza acordo de preservação e acesso de acervo de quatro décadas da Associação

A ANPEd assinou, no último dia 10 de dezembro, Acordo de Cooperação Técnica com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) para preservação e acesso ao patrimônio arquivístico da Associação. O documento formaliza a organização e guarda já realizada pelo Proedes – Programa de Estudos e Documentação Educação e Sociedade, vinculado à Faculdade de Educação da UFRJ, no campus Praia Vermelha.

* Clique aqui para acessar do documento.

* Clique aqui para conhecer mais sobre o Proedes/UFRJ.

Cópia De Img 5401

O acordo de cooperação representa a consolidação de um importante acervo não apenas institucional, mas também para a construção da memória e do conhecimento na área da Educação, material essencial para as mais diversas pesquisas.

O acervo foi encaminhado ao Proedes no ano 2000, contando a partir de então com dedicado e complexo trabalho de separação, cuidado e catalogação de mais de 4 mil documentos (não incluindo os duplicados) referentes às Reuniões Anuais e gestão da Associação desde 1976. Tal trabalho foi coordenado pela professora Maria de Lourdes de Albuquerque Fávero. A hoje pesquisadora honorária do Proedes narrou parte desta história no momento de assinatura do acordo de cooperação, que ocorreu durante seminário da ANPEd realizado na Unirio. “É um prazer ter oficialmente esse acervo da Associação depois de 28 de criação do Proedes. É um arquivo aberto ao público, fonte de muitas pesquisas. Recebemos mensalmente na UFRJ pesquisadores de diversos estados do Brasil e de outros países especialmente interessados nesse material”.

Cópia De Img 5398

Ana Maria Ferreira da Costa Monteiro, diretora da Faculdade de Educação da UFRJ, representou na ocasião o reitor da Universidade, Roberto Leher. “É uma satisfação formalizar esse convênio. A UFRJ se compromete com o cuidado, organização e disponibilização ao público”, afirmou a professora, que também destacou o incansável e apaixonado trabalho de Maria de Lourdes no Proedes e o empenho de Maria Margarida Machado (UFG), presidente da ANPEd na gestão 2013-2015, para a consolidação do acordo. “Logo que assumimos a Associação, em 2013, me preocupou o fato de não existir algo que formalizasse esse trabalho já realizado pelo Proedes, agora oficialmente como lugar de guarda desse acervo da nossa história. Uma história que não passou, porque continua sendo construída”.

Reportagem e imagens: João Marcos Veiga

Pular para o conteúdo