Educação Especial tem importante vitória no STF contra descaracterização de política pública para a área

O STF formou maioria e manteve nesta sexta (18) a suspensão liminar do decreto sobre educação especial apresentada pelo governo federal. A ANPEd, que foi aceita como Amicus Curiae no julgamento - fornecendo subsídios técnicos aos debates e decisões - saúda a todas e todos pesquisadores e pesquisadoras que se empenharam nesta questão, sobretudo membros do GT 15, de Educação Especial.

A Associação se posicionou contrária ao decreto tendo em vista o potencial de causar segregação e discriminação entre educandos com e sem deficiência, além de a proposta desconhecer toda uma política construída nos últimos 11 anos.

 

Leia Também