Nota de pesar pelo falecimento da professora Marli Eliza Dalmazo Afonso de André (USP)

A diretoria da ANPEd comunica e lamenta o falecimento da professora Marli André. Associada histórica, Secretária Geral nas gestões 1995 e 1997, membro do conselho fiscal nas gestões 2005 e 2007, deixa na ANPEd, no GT8 e na educação brasileira um legado de compromisso com a pesquisa, a formação de professores e a educação básica. Marli era mestra em Educação pela PUC-RJ, doutora em Psicologia da Educação pela University of Illinois em Urbana-Champaign (USA) e professora Titular aposentada da Faculdade de Educação da USP.
 

A seguir compartilhamos a nota do GT e manifestações de associados individuais e institucionais:

É com imenso pesar que o GT 08 (Formação de Professores) comunica o falecimento da Professora e Pesquisadora Marli Eliza Dalmazo Afonso de André, na data de hoje, que lutou bravamente contra um câncer. Marli deixa um legado para a Educação brasileira, por meio de suas pesquisas no campo da Formação de Professores e da Didática. Foi uma das responsáveis pelas discussões e inserção no Brasil das pesquisas em Educação de abordagem qualitativa. Participou sistematicamente da ANPEd, tendo contribuído com a associação em diferentes funções. No GT 08 sua contribuição sempre foi marcante em relação às pesquisas do campo da formação de professores. Uma pesquisadora dedicada, responsável, estudiosa, generosa com a formação dos seus alunos de doutorado, mestrado, graduação e, na educação básica, nas escolas públicas de São Paulo. Deixamos nossas condolências aos dois filhos da Marli, Maira e Tiago,  aos demais familiares, amigos, amigas, alunos e alunos que tiveram por perto uma pessoa de uma generosidade e de um compromisso incomensurável com a Educação brasileira. Uma pesquisadora, professora e mulher notável. Nosso profundo agradecimento!

GT 08 - Formação de Professores

Inspirada na vida há pouco interrompida de nossa querida Marli André vou procurar, dentro de profunda emoção, assinalar alguns de seus traços, que marcaram nossas vidas, que tivemos o privilégio de com ela conviver e vão manter viva sua presença, no nosso trabalho, nas nossas lutas pela educação que nosso país precisa. Sua inteligência, sua dedicação com afinco ao trabalho científico e à formação dos que a ele se dedicam, como professores e pesquisadores, aliadas a uma personalidade aberta e a uma liderança amiga e eficaz, expandiram-se a um grande número de beneficiados. Alunos, colegas, amigos que tiveram a chance de com ela participar em cursos, pesquisas, encontros e trabalhos de diferentes tipos em sua intensa vida acadêmica, levam consigo uma riqueza de estímulos a acompanhá-los em sua própria trajetória. E podem contar com a importante obra construída pelo trabalho cuidadoso e constante de Marli, sempre atenta aos mais urgentes chamados de problemas, que sua perspicácia assinalava e como brilhante pesquisadora procurava atender com seus melhores recursos. Essa obra e sua influência já se encontram bem marcadas em nosso cenário de pesquisa em educação e continuarão a ser trabalhadas na busca de respostas aos problemas da nossa educação, com o mesmo interesse e empenho a eles dedicados por Marli.  
Menga Lüdke
 
A educação brasileira sofreu uma grande perda com o falecimento de Marli André, com quem tive a honra de compartilhar espaços e experiências. A professora Marli André sempre teve uma atuação de destaque na pesquisa educacional brasileira, atuando na formação de uma legião de pesquisadores. É e seguirá sendo uma importante referência em metodologia de pesquisa para os mestrandos e doutorandos da área. Suas contribuições, em especial no campo da formação docente, foram muito relevantes para a pesquisa em educação. Ela deixa um grande legado para o nosso campo acadêmico. As gerações de pesquisadores que tiveram o privilégio de aprender (e conviver) com ela levarão sua marca. Ela nos deixa cedo, da mesma forma discreta com que sempre se colocava, mas deixa um vazio e uma dor irreparáveis.
Dalila Andrade Oliveira 
 
Professora Titular de Políticas Públicas em Educação (PPGE/UFMG e PPGE/UFPB). Membro do CD/CNPq representando as áreas de CHS.
À Marli André que parte deixando contribuições tão importantes para a educação minhas homenagens e reconhecimento de seu trabalho acadêmico! Autora da Revista E& S! Descanse em paz! Sentimentos à família! 
Ivany Pino
 
Marli André representa para os profissionais e pesquisadores da área de educação um exemplo de dedicação, capacidade intelectual, serenidade. Homenageamos aqui sua trajetória seus ensinamentos, suas realizações e somos gratos por ter podido partilhar de sua amizade.
Clarilza Padro
 
A Coordenação da Área da Educação junto à CAPES expressa seu pesar pela perda da eminente pesquisadora e educadora, Marli André, ao tempo em que destaca sua contribuição para o aperfeiçoamento da avaliação da CAPES, atuando como Coordenadora Adjunto da Área no triênio 2002-2004.
Coordenação da Área da Educação junto à CAPES
 
Consternados com a partida da  querida Marli André, nos dirigimos aos filhos Maíra, Daniel e demais membros da família, para manifestar nosso mais profundo reconhecimento da pessoa, professora, colega e amiga de muitos momentos! Somos gratos/as pelo apoio que nos deu na gestão 2003-2005 da Anped. Sua contribuição para a educação do país e sua maneira peculiar de ser a tornava única, imensamente respeitada e querida! Fez história no campo da formação de professores e na pesquisa em educação! Um grande legado nos deixa e muita saudade! 

Betania Ramalho - UFRN

A Educação perdeu hoje uma grande mulher, pesquisadora competente que ensinou gerações a fazer a boa pesquisa. Em um momento em que, na educação, se apostava na quantificação e em desenhos experimentais, Marli André trouxe para o Brasil os questionamentos que a tradição qualitativa apresentava mundo afora. Pesquisa em Educação: abordagens qualitativas, que escreveu em parceria com Menga Ludke, é a obra mais citada no campo no país, secundada por outros livros como Etnografia da Prática Escolar e muitos e variados artigos e capítulos. Sua dedicação à formação de professores ajudou a constituir essa área como um lugar de respeito ao outro e ao trabalho que ela/ele desenvolve em suas salas de aula. O mesmo respeito pela diferença, que nos define como campo e que nos torna fortes, pautou o trabalho de Marli em diferentes espaços, dentre os quais as agências de fomento como CNPq (1992-1994) e CAPES (1989-1993). Era sempre muito bom ouvir Marli em todos os eventos, conversar com ela nos intervalos, partilhar bancas de avaliação, sempre saímos dessas experiências sabendo mais e, principalmente, pessoas melhores. Querida amiga e mestra, vamos sentir saudade da sua doçura. Quando voltarmos a poder nos abraçar, vai fazer muita falta o abraço que não daremos. Tristeza, talvez seja tudo que há a dizer. 

Elizabeth Macedo - Coordenadora CA-Ed, CNPq

Marli André deixa um legado importante para todos que a conheceram pessoalmente ou mediante a leitura dos seus artigos e livros. Deu contribuição valiosa ao debate educacional sobre pesquisa e formação de professores. Será lembrada pelo seu compromisso com a Educação brasileira e viverá sempre em nossa memória como uma grande e exemplar educadora. MARLI ANDRÉ, PRESENTE!!!
Márcia Ângela - UFPE
 
Marli André nos deixou hoje, dia 4 de janeiro de 2020. Perdemos uma pesquisadora, uma professora engajada, uma educadora no sentido lato. Mas, acima de tudo, perdemos uma pessoa humana, acolhedora, amiga, comprometida com o outro, com a escola, com a vida. Marli teve um papel muito importante na história do GT 20, Psicologia da Educação. Sua dedicação à pesquisa sobre a formação de professores nos deixa um legado teórico, metodológico e praxiológico para a metodologia da pesquisa em educação. Marli André tem sido nas últimas décadas uma referência fundamental para nossas pesquisas de cunho qualitativo e para as de nossos estudantes e orientandos.
GT 20 - Psicologia da Educação