UnB recebe nesta terça (6) última etapa de seminário nacional da ANPEd sobre Ensino Médio – “o que as pesquisas têm a dizer” | subsídios à consulta pública

whatsapp-image-2023-06-06-at-11.36.11

A ANPEd promove no dia 06 de junho, terça-feira, o quinto e último encontro do seminário “Ensino Médio – o que as pesquisas têm a dizer?”. A atividade chega ao Centro-Oeste com intuito fomentar o debate entre especialistas de universidades, institutos e escolas e dar visibilidade à pesquisa recente sobre o tema como subsídio à consulta pública realizada pelo MEC sobre o tema.

O seminário acontecerá de forma presencial na Universidade de Brasília (UnB) com transmissão ao vivo pelo canal da Associação – e retransmissão pelo canal do Ministério da Educação (MEC).

O encontro, que ocorrerá a partir das 14h (horário de Brasília) na Sala Papirus da Faculdade de Educação da UnB, terá a presença de Klever Corrente Silva, membro da Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEDEF), Luciano Rodrigues Duarte (IFMS), Miriam Fábia Alves (UFG), Wivian Weller (UnB), com mediação de Fabiany de Cássia Tavares Silva (ANPEd | UFMS).

O formato de trazer pesquisadores seniores, doutorandos ou recém-doutores com tese sobre Ensino Médio vem se repetindo em todos seminários. A ANPEd produzirá um relatório a partir dos encontros e o MEC tem acompanhado cada evento como observador com o intuito de colher subsídios para à formulação de nova proposta para a área.

Através dos seminários, ao todo cinco encontros, nas cinco regiões do país, A ANPEd vem cumprindo seu papel de fomentar a pesquisa e a pós-graduação como parâmetros essenciais à construção de políticas públicas.

A consulta pública do MEC (clique aqui para acessar a plataforma) tem previsão de seguir até o dia 06 de junho e acontece juntamente a uma série de webinários, grupos focais, audiências públicas, conversas com gestores, especialistas e entidades, dentre elas a Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação. A escuta à sociedade também tem sido feita através de coleta de opiniões em plataforma digital. Clique aqui para acessar. 

A ANPEd vem fazendo amplo debate sobre o Novo Ensino Médio desde 2017, quando foi aprovado, até o início de sua implementação em 2022. A partir dos estudos da área e opinião de pesquisadores nas universidades, a Associação se posicionou pela revogação no Novo Ensino Médio, que representa atrasos para a área. A partir do diálogo que se abre sob a nova gestão do MEC no governo federal, a Associação tem levado suas preocupações a reuniões e seminários, assim como no assento retomado no Fórum Nacional de Educação (FNE), coletivo que integra um Grupo de Trabalho específico sobre a questão no MEC.

Deixe um comentário

Pular para o conteúdo